A Minha Carreira

Eles não sabem, nem sonham, que o sonho comanda a vida, António Gedeão

Em Portugal, entre 2008 e 2013, houve uma destruição líquida de 600 mil empregos

popemp

O ritmo de crescimento da população empregada foi particularmente intenso até 2002. Nesses 17 anos, apesar do período negativo subsequente à recessão de 1993, foram criados 850 mil postos de trabalho. A estagnação verificada ao longo da década de 2000 e a destruição líquida de 600 mil empregos entre 2008 e 2013 reverteram na totalidade a criação de emprego registada entre 1995 e 2002.

In “Três décadas de Portugal europeu: balanço e perspetivas”, Julho 2015

Anúncios

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: