A Minha Carreira

Eles não sabem, nem sonham, que o sonho comanda a vida, António Gedeão

O principal problema da sociedade portuguesa é que não reconhece o mérito

meritocracia“Em Portugal não se reconhece o mérito”. “Ter o partido ou o amigo certo” continua a pesar mais que a competência nas nomeações depois das eleições, denuncia João Gabriel Silva, reitor da Universidade de Coimbra.

Há demasiados lugares, decisões e escolhas que são feitas não porque as pessoas são mais competentes, mas porque têm o partido certo, ou os amigos certos ou estavam no lugar certo à hora certa. Temos vindo a melhorar devagar, mas temos de acelerar esse processo. Este espectáculo a que assistimos, sempre que há uma mudança de partido no Governo, à mudança das pessoas de todas as estruturas intermédias do Estado e empresas públicas para lá colocar pessoas cujo cartão-de-visita é obediência, em vez de competência, não nos levará a lado nenhum. Porque depois as decisões são demasiado ineficazes e mal feitas. Não se trata de existir uma má intenção ou desvio de dinheiro ou corrupção. É simplesmente incompetência. Quando fizermos o esforço de escolher as pessoas mais competentes, o país irá dar um salto muito grande.

In “São colocadas pessoas no sector público cujo cartão de visita é a obediência e não a competência

Anúncios

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: